Eleições 2012

As eleições municipais no Brasil em 2012 ocorrerão no primeiro turno em 7 de outubro e o segundo turno em 28 de outubro.

Estas serão as primeiras eleições em que o Partido Pátria Livre (PPL) e o Partido Social Democrático (PSD) participarão, sendo que ambos foram fundados em 2011.

Qualquer partido que prentedesse disputar os pleitos, precisariam estar registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a pelo menos um ano antes; e qualquer cidadão que desejasse ser candidato, deveria estar filiado a um partido a um ano antes.

Serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores em 5.566 municípios brasileiros. Apenas as cidades com mais 200 mil eleitores terão segundo turno.
Evangélicos e Eleições 


Conseguir benefícios para a igreja, como a doação de terrenos para templos; ter linhas especiais de crédito bancário; obter concessões de rádios e TVs; ter tratamento especial perante a lei... Esses são apenas alguns tipos de barganha, "acertos", acordos e composições de interesse que costumam ocorrer nos bastidores em épocas de campanhas eleitorais, envolvendo também políticos e candidatos evangélicos.

Mas, no que depender da AEvB - Aliança Evangélica Brasileira, os candidatos que costumam ter este tipo de comportamento não terão o voto dos fiéis.

Considerando que os evangélicos são um dos mais expressivos segmentos da população (18,9 milhões de eleitores evangélicos brasileiros ou 15,4% dos 126 milhões de eleitores, segundo o Censo 2000) - a AEvB, reunida em Conferência com Igrejas, Missões e Instituições, julgou indispensável trazer sua contribuição informativa e formativa à comunidade religiosa a ela vinculada, na intenção de contribuir para um processo eleitoral no qual o voto evangélico não seja manipulado, como muitas vezes já o foi, mas usado com consciência e objetividade, ajudando a igreja a amadurecer no exercício da sua cidadania política.

Eis aqui alguns balizamentos fundamentais sobre o uso ético do voto evangélico, conforme o sumário de propostas defendidas na Conferência da AEvB:

I. O voto é intransferível e inegociável. Com ele o cristão expressa sua consciência como cidadão. Por isso, o voto precisa refletir a compreensão que o cristão tem de seu País, Estado e Município;

II. O cristão não deve violar a sua consciência política. Ele não deve negar sua maneira de ver a realidade social, mesmo que um líder da igreja tente conduzir o voto da comunidade noutra direção;

III. Os pastores e líderes têm obrigação de orientar os fiéis sobre como votar com ética e com discernimento. No entanto, a bem de sua credibilidade, o pastor evitará transformar o processo de elucidação política num projeto de manipulação e indução político-partidário;

IV. Os líderes evangélicos devem ser lúcidos e democráticos. Portanto, melhor do que indicar em quem a comunidade deve votar é organizar debates multipartidários, nos quais, simultânea ou alternadamente, representantes das correntes partidárias possam ser ouvidos sem preconceitos;

V. A diversidade social, econômica e ideológica que caracteriza a igreja evangélica no Brasil impõe que não sejam conduzidos processos de apoio a candidatos ou partidos dentro da igreja, sob pena de constranger os eleitores (o que é criminoso) e de dividir a comunidade;

VI. Nenhum cristão deve se sentir obrigado a votar em um candidato pelo simples fato de ele se confessar cristão evangélico. Antes disso, os evangélicos devem discernir se os candidatos ditos cristãos são pessoas lúcidas e comprometidos com as causas de justiça e da verdade. E mais: é fundamental que o candidato evangélico queira se eleger para propósitos maiores do que apenas defender os interesses imediatos de um grupo religioso ou de uma denominação evangélica. É óbvio que a igreja tem interesses que passam também pela dimensão político-institucional. Todavia, é mesquinho e pequeno demais pretender eleger alguém apenas para defender interesses restritos às causas temporais da igreja. Um político de fé evangélica tem que ser, sobretudo, um evangélico na política e não apenas um "despachante" de igrejas. Ao defender os direitos universais do homem, a democracia, o estado leigo, entre outras conquistas, o cristão estará defendendo a Igreja.

VII. Os fins não justificam os meios. Portanto, o eleitor cristão não deve jamais aceitar a desculpa de que um evangélico político votou de determinada maneira porque obteve a promessa de que, em assim fazendo, conseguiria alguns benefícios para a igreja, sejam rádios, concessões de TV, terrenos para templos, linhas de crédito bancário, propriedades, tratamento especial perante a lei ou outros "trocos", ainda que menores. Conquanto todos assumamos que nos bastidores da política haja acordos e composições de interesse, não se pode, entretanto, admitir que tais "acertos" impliquem na prostituição da consciência cristã, mesmo que a "recompensa" seja, aparentemente, muito boa para a expansão da causa evangélica. Jesus Cristo não aceitou ganhar os "reinos deste mundo" por quaisquer meios, Ele preferiu o caminho da cruz.

VIII. Os votos para Presidente da República e para cargos majoritários devem, sobretudo, basear-se em programas de governo, e no conjunto das forças partidárias por detrás de tais candidaturas que, no Brasil, são, em extremo, determinantes; não em função de "boatos" do tipo: "O candidato tal é ateu"; ou: "O fulano vai fechar as igrejas"; ou: "O sicrano não vai dar nada para os evangélicos"; ou ainda: "O beltrano é bom porque dará muito para os evangélicos". É bom saber que a Constituição do país não dá a quem quer que seja o poder de limitar a liberdade religiosa de qualquer grupo. Além disso, é válido observar que aqueles que espalham tais boatos, quase sempre, têm a intenção de induzir os votos dos eleitores assustados e impressionados, na direção de um candidato com o qual estejam comprometidos.

IX. Sempre que um eleitor evangélico estiver diante de um impasse do tipo: "o candidato evangélico é ótimo, mas seu partido não é o que eu gosto", é compreensível que dê um "voto de confiança" a esse irmão na fé, desde que ele tenha as qualificações para o cargo. Entretanto, é de bom alvitre considerar que ninguém atua sozinho, por melhor que seja o irmão, em questão, ele dificilmente transcenderá a agremiação política de que é membro, ou as forças políticas que o apoiem.

X. Nenhum eleitor evangélico deve se sentir culpado por ter opinião política diferente da de seu pastor ou líder espiritual. O pastor deve ser obedecido em tudo aquilo que ensina sobre a Palavra de Deus, de acordo com ela. No entanto, no âmbito político-partidário, a opinião do pastor deve ser ouvida apenas como a palavra de um cidadão, e não como uma profecia divina.



Fábio Silva - 50 (PSOL)


Fábio José tem 32 anos e cresceu no bairro do Vassoural, em Caruaru. Ele concluiu os ensinos fundamental e médio em 1996, na escola Dom Miguel de Lima Valverde. Tentou o vestibular de medicina por 2 vezes na UFPE, mas não conseguiu passar da segunda fase em ambas as vezes. Atualmente, Fábio é estudante de Direito e iniciou a vida profissional como camelô e descarregador de caminhão na Ceaca. Depois ele se tornou sulanqueiro, mas explica ter perdido toda sua mercadoria, tomada pela prefeitura em 1996.

Fábio iniciou a vida politica em 1992, coordenando grupos estudantis para o movimento Fora Collor. No mesmo ano participou da fundação do PSDB em Caruaru e se tornou fundador do PSDB Jovem. Ele participou do processo da refundação da União dos Estudantes Secundaristas de Caruaru (UESC) em 1993 e também de várias eleições como coordenador político, coordenador de militâncias, até considerar que o grupo do qual fazia parte não lhe deu oportunidades de se lançar na disputa política. Daí começou a trajetória independente, quando postulou uma candidatura a prefeito em 2008, pelo PRTB, mas o partido decidiu apoiar a Frente Popular. Ele também participou em 2010 das eleições estaduais na chapa vice-governador, também pelo PRTB. Nesse mesmo ano, ele conheceu o PSOL. Nessa época ele, Pedro Justino e Angelo Ferraz fundaram a comissão provisória do partido em Caruaru.
“Posso dizer que minha história e minha vida sempre foram voltadas para Caruaru e sempre lutei contra os que iam de encontro às necessidades do povo, meu grupo sempre teve a posição de lutar pelos os mais necessitados que precisam do poder público, mas só encontram descaso e falta de respeito. Eu sou vítima desse descaso e falta de respeito, foram situações como ter meu pai em um hospital do município agonizando e sem assistência médica adequada e esse fato levá-lo a óbito, ficar com meus filhos várias vezes nas policlínicas sem atendimento médico e sem remédio, não ter ensino de qualidade, fato esse que não me permitiu realizar o sonho de cursar medicina, ter minha vida praticamente arrasada por um politico que ocupava o cargo de prefeito tomando a minha mercadoria e de outros sulanqueiros pais de família”, desabafa Fábio, sobre suas motivações para disputar a prefeitura de Caruaru. Nas eleições municipais de 2012, Fábio encabeça a coligação Caruaru Pode Mais, formada pelo PSOL e PPL.

Do Blog de AaZ - Mário Flávio

José Queiroz - 12 (PDT)


A trajetória política de José Queiroz será sempre associada à cidade de Caruaru, da qual foi prefeito por duas vezes. Em sua primeira administração, obteve aprovação popular superior a 90%. Antes de comandar a Prefeitura de Caruaru, já havia sido eleito deputado estadual pelo MDB, em 1978. Chegou a ser líder de seu partido por dois períodos consecutivos na Assembléia Legislativa. Filia-se ao PDT em 1989 e, no ano seguinte, concorre ao Senado. Perdeu a eleição por uma diferença de votos de 1% para o ex-vice-presidente Marco Maciel. Sua representatividade dentro do PDT foi confirmada com sua eleição para a presidência do Diretório Regional do PDT, em 1991. No ano seguinte, elege-se novamente prefeito de Caruaru, e repetiu o desempenho da administração anterior, concluindo seu mandato com uma aprovação superior a 80%.
Em 1997, volta a presidir o Diretório Regional do PDT/PE. Ao se eleger novamente deputado estadual em 1998, José Queiroz pôde comprovar que sua elogiada atuação como prefeito de Caruaru referendou seu retorno ao legislativo estadual, sendo, mais uma vez, líder da Bancada da Oposição na Assembléia Legislativa. O deputado dedicou seu mandato à defesa do meio-ambiente, à educação e à discussão das finanças do Estado. É também presidente da Comissão de Administração Pública na Assembléia Legislativa de Pernambuco.
“Na atual conjuntura da vida política brasileira, mais importante que um conjunto de propostas do candidato é ele revelar-se ao eleitorado e corresponder aos anseios de mudança da sociedade. Não costumo mudar de partido. Saí da camisa de força da ditadura, que impunha apenas duas opções – ditadura ou ser contra e integrei o MDB/PMDB. Com a democratização, escolhi o PDT, que presido em Pernambuco”, ressalta Queiroz.

Reelegeu-se, em 2002 e 2006, deputado estadual e no seu 4º e último mandato foi presidente da Comissão de Justiça, a mais importante da Assembléia Legislativa.
No parlamento estadual, foi fiel aos compromissos partidários na luta que travamos contra as desigualdades, para que Pernambuco interiorize o seu desenvolvimento dando oportunidade aos habitantes de todas as regiões. É intransigente defensor da educação como proposta de inclusão de grandes camadas populacionais e consequente ascensão social. Elegeu-se pela 3ª vez, prefeito em 2008, com uma votação histórica de quase 100 mil votos. Neste novo mandato suas decisões visam mais uma vez a atender as principais demandas da população ao transformar Caruaru a cidade das oportunidades.

Como presidente do PDT e prefeito de Caruaru, José Queiroz está ao lado de Eduardo Campos para que o trabalho em Pernambuco continue.

Candidato à reeleição na Prefeitura de Caruaru nas eleições 2012, pela Frente Popular coligação Caruaru com a Força do Brasil.

Do blog PDT
Mirian - 25 (DEM)


Deputada estadual mais votada da história de Pernambuco, a caruaruense Miriam de Miranda Lacerda Rodrigues da Silva é nutricionista e iniciou sua trajetória política no primeiro mandato do prefeito Tony Gel (200l-2004), em Caruaru. Sua atuação na vida pública foi marcada principalmente por ações na área social, principalmente à frente dos cargos que exerceu na prefeitura de Caruaru.
Exercendo trabalhos voluntários em comunidades de Caruaru, Miriam Lacerda criou a Central de Solidariedade no município e campanhas para o Dia das Crianças e Natal. Na segunda gestão do prefeito Tony Gel (2005-2008), assumiu a Secretaria de Governo, criando o programa “Prefeitura Junto de Você”, além de ter sido coordenadora do comitê gestor que administrou vários eventos, entre eles o São João de Caruaru. Em 2005, os festejos juninos alcançaram o recorde de 97% de aprovação popular – o maior da história até aqui.
Em seguida, Miriam Lacerda deixou a prefeitura, de onde saiu para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco, atendendo a uma solicitação do povo de Caruaru. Foi eleita com 67.830 votos, tornando-se a mulher mais bem votada em toda a história do Poder Legislativo Estadual.
Como representante do Agreste na Alepe, Miriam Lacerda reivindicou programas e projetos que pudessem produzir um impacto favorável na melhoria da qualidade de vida na região. Logo no primeiro biênio, assumiu a vice-liderança da oposição na Assembleia e, no segundo biênio, a liderança do partido Democratas naquela Casa. Sua dedicação e compromisso fizeram ainda com que fosse eleita presidente do Movimento Mulher Democratas em Pernambuco, tendo integrado outras Comissões.
É da deputada Miriam Lacerda o apelo feito ao governador Eduardo Campos para transformar Caruaru na sede da 2ª Região Metropolitana de Pernambuco, logo que assumiu seu mandato na Assembleia, com o argumento de que o município é o mais importante polo econômico do Agreste.
A legalização da profissão de parteira tradicional faz parte do conjunto de ações encampadas pela deputada que também solicitou ao Governo do Estado a implantação do Núcleo de Defensoria Pública Especializada em Defesa da Mulher em Situação de Violência e o Centro de Referência para as Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e Social, além de uma política de preservação ambiental educacional no Estado, entre outras iniciativas – todas apresentadas periodicamente à imprensa, através de relatórios.
Filha de Josefa e Luiz Lacerda, Miriam Lacerda é casada com o deputado estadual Tony Gel e tem três filhos e uma neta. Em 2010, abriu mão de sua reeleição para mais um mandato na Assembleia Legislativa, atendendo à solicitação de seu grupo político para encabeçar a vice na chapa de Jarbas Vasconcelos na disputa pelo Governo de Pernambuco. Agora, Miriam Lacerda volta a disputar mais um cargo público, candidata da Coligação Caruaru em Boas Mãos, desta vez a prefeitura de Caruaru, pretendendo administrar os rumos da principal cidade do Interior pernambucano.

Do Blog de AaZ do Mário Flávio


CHAPULETA
"PALHAÇO POR PALHAÇO, VOTE EM CHAPULETA!"

Jose Vieira da Siva Neto, Chapuleta, congrega na Igreja Shekná.

Experiência em eleição:
Teve 297 votos na eleição de 2008 e sobre ele diz "A esperiencia foi otima aprendi como lidar com as pessoas. Agora vai ser Tiririca lá e Chapuleta cá".

Quer ser candidato para...
Quero ser candidato porque tenho potencial pra isso tenho esperiência na educaçâo a 30 anos trabalho com crianças.

Propostas...
Convivo o tempo todo com crianças. Penso muito na educação, quero priorisar os meninos de rua e o menor abandonado.

Votar em chapuleta por...
Não quero ser melhor do que ninguém, quero ser diferente e que seja feita a vontade de Deus.

FERNANDO ACESSIBILIDADE

"SEMPRE LUTANDO POR
UMA CARUARU MAIS JUSTA"



Motivos de ser candidato?

Em 2008 surgiu uma vontade (Sonho) grande e sempre estimulado por meus amigos do segmento da pessoa "com" deficiência, amigos da sociedade e familiares. O desejo de ser VEREADOR DE CARUARU e poder trabalhar pela minha cidade, tenho certeza que posso fazer muito pela nossa terra.

Amo política e tenho certeza que todo ser humano éum ser "POLÍTICO".





Política é...?
Política é amaneira mais hábil de atingir os seus objetivos, ou os objetivos, é à arte dos fenômenos.
Se podemos fazer algo na vida... mudar, continuar, inovar, construir, reconstruir....., é através dela (À senhora política).
Junto com meus amigos e parceiros, mesmo sem nenhum mandato, conseguimos com muita labuta, fazer algo para nossa sociedade.


Criamos à ADCC - Associação dos cadeirantes de Caruaru.
Cobramos transportes adaptados, mais rampas rasas na cidade, que ainda faltam muitas...! Ainda cobramos os pontos de ônibus adaptados! Solicitamos a ampliação dos serviço de transporte aos cadeirantes, e conseguimos, hoje existe duas vans que transportam os cadeirantes. Nas conferências sempre cobrávamos um "Centro de Atendimento as pessoas com deficiência", e hoje têm e funciona muito bem... Criamos junto com os poderes legislativo e executivo o"CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA", na qual venci com ajuda dos parceiros da ACESSIBILIDADE, as eleições para conselheiro municipal na área da deficiência física no dia 4 de Abril 2012, disputando com os parceiros de inclusão da APODEC.

Orientamos sempre o cidadão com "diferença funcional" (deficiência) para cumprir o se dever e cobrar o seu direito.... observar e estudar aquilo que manda a lei, sem politicagem e adoração mítica por político, mesmo que seja do seu partido.
Criamos junto com o poder municipal, o 1° grupo de dança de cadeirantes de Caruaru, o dança sem barreiras.
Solicitamos o "CAMAROTE DA ACESSIBILIDADE", no nosso São João de Caruaru, e conseguimos com a boa vontade e sensibilidade dos poderes públicos: Prefeitura (PREFEITO JOSÉ QUEIROZ), secretaria de desenvolvimento social e direitos humanos-PE, (secretária Laura Gomes), Governo do estado (Governador Eduardo Campos), Presidenta (Dilma Rousseff).
Diante de tantas conquistas, e com a certeza que àpolítica faz, sempre fará... as transformações, mesmo que o mundo não acredite. (Sozinho não posso mudar o mundo, porém posso lançar uma pedra no mar e fazer muitas ondulações -MADRE TEREZA).
Entretanto, quero ser vereador de Caruaru, com ajuda de Deus e seu apoio... juntos não vamos fazer muitas ondulações, vamos abrir o mar vermelho para passar uma CARUARU, mais igualitária. Vou lutar sempre para quem mais precisa, não só para as pessoas com deficiencia,porém todos...para ter mais saúde, educação, transporte...

WILL BARRETO
Sou Candidato a Vereador na cidade de Caruaru - PE, pelo PSC - Partido Social Cristão, com o número 20.456

Sempre estive envolvido no processo político de nossa cidade, discutindo com familiares, amigos, colegas de trabalho, a importância da politíca em nossas vidas e da escolha certa de candidatos.

Acredito ter formado nessas pessoas uma consciência politica maior, onde o ser humano tem que ser sempre respeitado, independente da posição tomada, pois o que está em jogo é a disputa no campo das ideias. Só a política é capaz de modificar a situação em que todos vivemos, sendo pra melhor ou pra pior.

Trago a experiencia e a vontade de trabalhar pelo desenvolvimento de Caruaru.
Estarei inspirado nos valores e propósitos do Cristianismo, em busca de uma sociedade justa, solidária e fraterna.

O Cristianismo, mais do que uma religião, representa para mim um estado de espírito que não segrega, não exclui nem discrimina.

Aceita a todos, independentemente de credo, cor, raça, ideologia, sexo, condição social, política, econômica ou financeira.

Terei um mandato diferente, defendendo a conservação do meio ambiente, o desenvolvimento sustentável, o bem-estar dos idosos e aposentados, a segurança no trânsito e os níveis estáveis de emprego, visando sempre proporcionar à população mais saúde, conforto e dignidade.


SIVALDO OLIVEIRA




Sivaldo Oliveira é um comunicador caruaruense que tem contribuído através de seu trabalho para o desenvolvimento da Capital do Agreste.
Como empreendedor, tem-se destacado na direção Executiva da Rádio 102,5, oferecendo a população caruaruense uma programação saudável, pautada na ética, na moral e na preservação de valores como a família.
Entretanto, este importante meio de comunicação também tem sido utilizado por Sivaldo Oliveira como um instrumento no atendimento de diversas reinvindicações da população caruaruense em questões como infraestrutura, saúde, educação através do programa matinal Show de Noticias das 11:00 ao meio dia, e de diversas campanhas solidárias realizadas por esta emissora, a exemplo o Natal sem Fome, atitudes que só vêm reiterar o compromisso deste filho de Caruaru com a causa social.
Outra ação realizada com destaque por Sivaldo Oliveira foi a implantação da Marcha com Jesus na cidade de Caruaru, um evento onde a comunidade cristã louva a Deus e pede a sua benção para a cidade.
A Marcha tem crescido a cada realização e já faz parte do calendário de eventos da cidade tendo sido o último público alcançado de mais de 20.000 pessoas.
Atualmente Sivaldo Oliveira encontra-se na presidência do Central Esporte Clube, time pelo qual é torcedor desde a sua infância e como tal entende sua importância para a cidade. Durante esta gestão o estádio Lacerdão passou por obras de restauração, recebeu um novo ramado que é considerado um dos melhores de Pernambuco nos dias atuais.
O clube também passou por reformas administrativas, sendo esta administração baseada na honestidade, clareza e respeito pelo torcedor.
No âmbito pessoal Sivaldo Oliveira é casado, pai de duas filhas, cristão comprometido com a ética e moralidade.

Compromissos de Sivaldo Oliveira
· Pela moralidade pública
· Com a busca de uma sociedade mais justa e igualitária
· Por uma gestão participativa
· Pela honestidade e clareza nas ações públicas

Membro da igreja Vale da Benção Central
JAELCIO TENÓRIO

Jaelcio Tenório da Silva, 48, é natural de Caruaru. Filho de João Tenório da Silva e Maria José da Silva é o quinto filho dos seis filhos do casal.
De origem pobre, estudou sempre em colégio público (Escola Professor Mário Sette e Escola Professor Felisberto de Carvalho) e sua infância foi toda no bairro vassoural.

Caminhada da Família
Seus pais o orientaram na fé cristã, tendo sua formação na Primeira Igreja Evangélica Congregacional, que fica em frente aos Correios.

Ingressou na política com apenas 18 anos, quando foi chamado pelo então prefeito José Queiroz de Lima para trabalhar no gabinete na Prefeitura Municipal de Caruaru, como assessor.

São 30 anos de vida pública com dedicação e compromisso a sua função.

Sua natural vocação para liderança fez com que, neste mesmo período, exercesse nas diversas igrejas em que congregou posição de liderança.

É difícil lembrar-se de um evento evangélico nas últimas décadas em nossa cidade sem que ele tivesse como responsável ou compondo sua coordenação. Assim sendo, nomes consagrados no meio artístico gospel como Mattos Nascimento, Fernanda Brum, Canarinhos de Cristo, Álvaro Tito, Oficina G-3, Armando Filho, pastor Edsom (Tambores Remidos), e uma infinidade de outros cantores e grupos fazem parte desta lista, alguns deles sendo taxativos: "só vêm a cidade com o aval de Jaelcio", dada a confiança no mesmo.



Trabalhando no Gabinete do prefeito, Jaelcio tornou-se um elo entre
as políticas públicas e a comunidade evangélica

Jaelcio tem sua história também como comunicador social. No Rádio auxiliou o programa Ide e Anunciai, pela Rádio Cultura do Nordeste e é um dos pioneiros como profissional no meio cristão, levando ao ar seu primeiro programa chamado Um Toque de Amor, na extinta Rádio Difusora, ainda na década de 80. Esse programa ia ao ar aos domingos meio dia. Além de ser totalmente revolucionário para época era líder de audiência. Jaelcio ainda passou pelas emissoras 105 FM (Rede Canaã), 102 FM (atual Jovem Pan na época Serra Negra FM) e atualmente estava na 107 FM (Provisão).
Sua voz firme e experiência na comunicação o conduziram a trabalhar profissionalmente com publicidade e locuções, sendo locutor em eventos políticos, shows, etc. Estando hoje entre os principais locutores da cidade e com trabalho destacado no meio da publicidade volante.
Homem do povo, Jaelcio conservou a simplicidade e honestidade de suas origens, seu comportamento é o mesmo, estando entre lideranças políticas de expressão nacional ou com o povo na feira-livre.

Jaelcio foi pioneiro em diversos projetos entre eles a Caminhada da Família e o CHAMA VIVA este último quebrando paradigmas por trazer os evangélicos para o Pátio de Eventos, colocando na agenda oficial da cidade um dia específico para a música gospel com repercussão nacional na mídia e alcançando este ano um número estimado de 40 mil pessoas.

Jaelcio Tenório é casado com Alexane Tenório, pai de
Fernando Weksley e Fernanda Thafnes.

Seu principal projeto é defender a família. Que sendo a base de tudo tenha todo o acesso às políticas públicas garantindo assim, qualidade de vida que consequentemente evitará que haja dissolução desta instituição tão sagrada: a família.
 PASTOR JADIEL
Líder religioso desde a juventude, sempre pautou sua vida na defesados interesses das comunidades mais carentes. Suas preocupações com essas comunidades o levaram a se tornar naturalmente um representante delas, mesmo sem mandato eletivo. Em sua vivência de liderança religiosa cristã, esteve à frente da construção de casas populares, em regime de mutirão, para os desamparados, seja de sua comunidade religiosa ou não. Sempre esteve à frente de reivindicações junto ao poder público de obras de urbanização: saneamento, calçamento, iluminação pública etc. Com a ajuda dos amigos foi eleito Conselheiro tutelar, função na qual vem se destacando, devido a seu intenso trabalho de aconselhamento, acompanhamento e busca de solução dos problemas apresentados rotineiramente. A função de conselheiro tutelar abriu os horizontes de Jadiel que passou a enxergar os problemas sociais com mais amplitude, entendendo ser de extrema importância a participação e apoio da sociedade na busca por soluções para os mesmos. Eleito, pautará sua participação na Câmara municipal, no combate à discriminação religiosa; no combate à corrupçãoe na fiscalização do poder público. Buscará também através de seu mandato levar o poder público a implementar projetos que visem a melhoria das condições devida dos menos favorecidos.
PLATAFORMA DE CAMPANHA:
PASTOR JADIELJADIELINDICAÇÕES
Adilson Lira (PT); o deputado federal Fernando Ferro (PT);
Jadiel e Oscar Barreto (presidente do PT de Recife).
1. Reestruturação dos Conselhos Tutelares, com a contratação de psicólogos/as; assistentes sociais e aumento da equipe técnica.
2. A implementação do orçamento participativo nos bairros / comunidades do município, onde cada comunidade decidirá onde e em que áreas deve ser investido o dinheiro público, ou seja, a comunidade decide quais são as suas prioridades.
3. A criação de centros de recuperação de pessoas em situação de dependência química, voltados para o atendimento à criança e adolescente.
4. A criação de escolas de corte e costura, utilizando o sistema de parceria público-privada, atendendo as comunidades que já atuam nessa área profissional.
5. Construção de mais Escolas Municipais, principalmente nas comunidades da zona rural do nosso município, para que não haja necessidade de deslocamento diário dos alunos paraa cidade.
6. Acessibilidade: apresentará e defenderá projetos com a finalidade de implementar a acessibilidade plena, transformando calçadas, escolas, hospitais e quaisquer outros espaços públicos em locais acessíveis a todas e todos.
7. Proporá a contratação pelo município de professores/as de libras, para que cada escola municipal tenha profissionais habilitados a atender ao salunos/as com deficiência auditiva.
8. Apoiará a ampliação do número de CRAS - Centros de Referência da Assistência Social e CREAS - Centros de Referência Especializado da Assistência Social.
9. Atuará na defesa damanutenção e ampliação das políticas públicas voltadas para a pessoa idosa.
10. É compromisso de Jadiel, se eleito, levar as comunidades para a “casa do povo” (Câmara Municipal), principalmente nos dias em que estiver em pauta a votação de requerimentos e projetos que atendam aos interesses daquela comunidade; envidará esforços para dar as condições necessárias ao deslocamento de representantes das comunidades para assistir às seções da Câmara de Vereadores.
Com base nessas propostas, incentivado pelos amigos e apoiado pelas comunidades nas quais exerce sua liderança, está se lançando candidato a vereador, pela coligação: CARUARU MAIS FORTE (PRTB/PT/PRB/PP/PSDC).

Vereador: JADIEL – 28000 / Prefeito: ZÉ QUEIROZ – 12

NOTA: PRESENTIA tem informações de que há muitos outros candidatos evangélicos. Avisamos por antecedência através de redes sociais antes de começar a postar. A seguir, uma relação de outros candoidatos que se apresentam como candidatos evangélicos. Apenas dispomos destas informações.
Lulinha - 45123
Dalva Carvalho - 55055
Alecrim - 55656
Irmão Marcos - 14222
Neto - 33111
Joel do Betel - 23123
Sérgio Ricardo - PSC -
Glaydson - PSC
Rui - PRTB
Ivan barbeiro - PRTB
Toinho da Sulanca - PRTB
Júlio do Aeroporto - PP
Igo - PP
Jurassy - PSC
Moisés - PRTB
Pr. Carlos -


ATENÇÃO, SE VOCÊ É CANDIDATO EVANGÉLICO, VOCÊ AINDA PODE ENVIAR SEU HISTÓRICO COM FOTO E PROPOSTAS PARA:

e-mal: presentia@ibest.com.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...