quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Ator cristão lança campanha para financiar documentário que denunciará casos de pedofilia em Hollywood

Hollywood viu, nos últimos meses, algumas de suas principais estrelas serem acusadas de assédio e abuso sexual. Porém, para o ator Corey Feldman, essa não é uma surpresa, já que ele vem se dedicando para denunciar casos semelhantes contra atores mirins.
A pedofilia em Hollywood, segundo Feldman, é recorrente e ocorre há décadas. Ele lançou uma campanha em outubro para arrecadar fundos que custeiem a produção de um documentário que relate os casos de atores mirins que sofreram abuso sexual, incluindo ele próprio.
Depois que se envolveu de forma mais incisiva na questão, o ator disse ter sobrevivido ao que pareceu uma tentativa de assassinato, já que ele e sua equipe quase foram atropelados por “dois caminhões monstruosos”, que trafegavam em direções opostas. O episódio ocorreu após o anúncio de que o projeto seria levado adiante.
“Ficamos literalmente presos na pequena linha branca entre os dois caminhões”, disse ele ao portal The Christian Post. “Se não tivéssemos nos alinhados e pensando em ter a mesma reação, não teríamos sobrevivido. Mas eu o chamo isso de um verdadeiro milagre de Deus. Creio que Deus colocou sua mão em mim e me afastou do caminho naquele dia”, acrescentou.
As dificuldades enfrentadas pelo ator não se resumem a isso, no entanto. Alguns obstáculos burocráticos surgiram nesse meio tempo, e ele chegou a ser detido pela Polícia para prestar esclarecimentos.
“Depois disso, Deus me disse: ‘É por isso que você está aqui, isso é o que importa’. Ouvi isso na voz de Deus”, contou Corey Feldman, que passou a procurar formas de popularizar seu trabalho de combate à pedofilia na indústria do cinema.
“Eu disse: ‘Tenho que deixar de lado eu mesmo e minhas necessidades’. [Mas], estou com muito medo pela segurança do meu filho e por mim mesmo. A única maneira de saber como me proteger é criar um filme onde eu possa expor todas as verdades e levantar dinheiro suficiente para alavancar esse projeto”, comentou, revelando que após as denúncias envolvendo nomes como Harvey Weinstein e Kevin Spacey, mais de US$ 248 mil foram doados por diversas fontes para financiar o documentário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...