terça-feira, 10 de outubro de 2017

DEZ MANDAMENTOS PARA MEMBROS DE IGREJA COM RESPEITO AO SEU PASTOR

A imagem pode conter: céu, atividades ao ar livre e natureza
1. Não idolatre seu pastor. Não espere que ele seja capaz de fazer o que só Deus pode fazer. Não faça dele um salvador.
2. Não critique o seu pastor, a menos que ele se afaste da verdade, e então o faça com lágrimas. E, por favor, não espere perfeição. Ele é somente um homem – fraco e pecador, tanto quanto você. Seu ofício é divino, mas sua pessoa é humana. Ele coloca diante de você tesouros em vasos terrenos. Se você não se lembrar disso, você clamará “hosana” hoje, mas o crucificará amanhã.
3. Não evite seu pastor. Vá até ele, diga-lhe suas necessidades, abra sua alma, mas não gaste o precioso tempo dele. É seu dever e privilégio ir até ele com seus questionamentos e dificuldades espirituais – e isso será para o seu encorajamento e alegria.
4. Ore pelo seu pastor. Ore por sua alma, para que ele se mantenha humilde e santo. Ore por seu corpo, para que ele possa manter-se forte e poupado por muitos anos. Ore para que ele possa ser uma luz incandescente e brilhante. Ore para que o seu ministério seja abundantemente abençoado. Ore por sua esposa, família, preparação e entrega dos sermões, e aconselhamentos. Ore para que ele seja cheio e ele pregará a você cheio.
5. Seja um bom ouvinte e praticante dos sermões que o seu pastor prega. Ouça e obedeça seu pastor. Enquanto ele pregar as Escrituras, receba-a como a própria Palavra de Deus. Lembre-se, ele é um presente de Cristo a você.
6. Esteja interessado no seu pastor. Não permita que todas as conversas com ele estejam focadas somente em você. Seja gentil com ele. Mostre interesse por ele, sua esposa, e a vida da sua família; ele é humano também!
7. Lembre-se de estimar os esforços do seu pastor e minimizar suas fraquezas, sempre recordando a si mesmo que seu próximo pastor pode não ter as capacidades do seu pastor atual. Não compare pastores, mas aprenda a apreciar cada pastor que Deus enviou a você pelos dons peculiares que Deus concedeu a ele.
8. Olhe acima e além de seu pastor. Olhe para Aquele que o seu pastor coloca diante de você.
9. Seja um ajudador do seu pastor e do conselho. Seja um auto esquecedor de si mesmo, exaltador de Cristo e colaborador. Deseje humildade, sabedoria, paz, unidade – e o faça em caridade.
10. Mantenha uma perspectiva eterna sobre o ministério do seu pastor. Peça a Deus que seu pastor possa dar um bom relatório da sua alma no Dia do Julgamento. Lembre-se que você não tem que prestar relatório dos defeitos e potencialidades do seu pastor no Dia dos dias, mas você dará conta daquilo que você fez com o que ele levará até você. Se você ainda não é salvo, olhe para o ministério dele como mais uma grande oportunidade que Deus está te dando para receber com mansidão sua Palavra. Através do seu ministério, o Senhor está dizendo que Ele tem mais pessoas da sua igreja para ajuntar a sua colheita eterna – e por que não deveria ser você? Ó, que você conheça o dia da sua visitação sob o ministério do seu pastor!

Joel BeekeTradução: André Scordamaglio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...