sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

III Encontrão Presentia reúne linguagens artísticas

Banda Nabhi esteve em atuação nos anos 80 vai recordar as canções do Rebanhão
Evento, que acontece no sábado (10), promove o encontro de gerações através da música

Na mitologia grega, o deus Janus era representado com duas cabeças, simbolizando um olhar para o passado e outro para o futuro. De certa forma, essa imagem tipifica os objetivos do III Encontrão Presentia, que ocorrerá no sábado 10, a partir das 15h, no Teatro João Lyra Filho, em Caruaru. O evento, com entrada franca, busca promover reflexões sobre términos e começos, promovendo o diálogo entre gerações de artistas atuais e outros que atuaram entre as décadas de 1970 a 1990. Além disso, o Encontrão homenageará as bandas Stryper, Embaixadores de Sião e Rebanhão. O ator Nelson Lima também será homenageado durante o evento.
Componentes de diversos grupos vão fazer o Tributo aos Embaixadores de Sião
A programação iniciará com um momento de convivência nos jardins do Teatro, o qual será regado a muita música e conversa entre os participantes. Em seguida, bandas locais – com integrantes das mais diversas faixas etárias – interpretarão composições dos grupos musicais homenageados. Por incrível que pareça, a banda norte-americana Stryper, o grupo pernambucano Embaixadores de Sião e o carioca Rebanhão possuem muitas características em comum. As duas primeiras surgiram em meados dos anos 70 e ganharam notoriedade por causa das letras evangélicas, mesmo com a ‘pegada’ do rock’n roll. O Rebanhão, embora tenha surgido nos anos 80, também revolucionou o ambiente musical, lotando ambientes como o Canecão e o Rio Sampa. Mesmo com formações distintas das originais, esses três grupos ainda continuam atuando, com repertórios que enfocam os dilemas do tempo presente. De acordo com a organização do Encontrão, integrantes remanescentes da primeira geração d’Os Embaixadores confirmaram presença no evento.
Integrantes da histórica banda Desafios com músicos mais jovens vão homenagear o Stryper

As duas primeiras surgiram em meados dos anos 70 e ganharam notoriedade por causa das letras evangélicas, mesmo com a ‘pegada’ do rock’n roll. O Rebanhão, embora tenha surgido nos anos 80, também revolucionou o ambiente musical, lotando ambientes como o Canecão e o Rio Sampa. Mesmo com formações distintas das originais, esses três grupos ainda continuam atuando, com repertórios que enfocam os dilemas do tempo presente. De acordo com a organização do Encontrão, integrantes remanescentes da primeira geração d’Os Embaixadores confirmaram presença no evento.





Nelson Lima e o personagem "Biu"
de Biu e Zéfa
Após as apresentações musicais, o ator Nelson Lima apresentará um esquete, abordando as temáticas do Encontrão. Em seguida, o ator será homenageado, devido à sua trajetória teatral, sobretudo no humor. Nelson também iniciou sua carreira nos anos 70, fazendo esquetes em igrejas e retiros espirituais. Além de encenar, escreve peças, dentre as quais se destacam ‘Biu e Zefa’ e ‘Monólogo do Zé Krenthynho’. Seu espólio conta, ainda, com participação na minissérie ‘A Pedra do Reino’, baseada na obra de Ariano Suassuna e produzida pela Rede Globo de Televisão.
Além do teatro e da música, poesia e artes plásticas também deverão permear o Encontrão. De acordo com Paulo Nailson, um dos organizadores do evento, a programação é uma oportunidade ímpar para enaltecer o legado das gerações anteriores e inspirar os jovens a desenvolverem seus talentos. “Além de possibilitar o reencontro e recordar canções da época, a programação inclui a reflexão sobre questões do momento atual à luz do Evangelho, através de diálogos que acontecem no decorrer do evento. Entre os músicos estão tanto os da velha guarda como os mais novos, o que mantém o equilíbrio das gerações defendido em um dos nossos princípios. Afinal de contas, é como diz o slogan do Encontrão: ‘o novo sempre vem’”, salienta. Além de Nailson, Adiel Ferreira e Lindenberg Roseno constam na coordenação.


O EVENTO
Integrantes pioneiros dos Embaixadores estarão
presentes no evento

Iniciado em 2014, o ‘Encontrão Presentia’ busca relembrar o legado de grupos musicais cristãos e incentivar a produção atual, tomando cuidado com relação ao conteúdo das composições. Grupos como Nabhi, Gênesis, Desafios e a Banda de Pífanos Zé do Estado já participaram de edições anteriores do evento. O nome ‘Presentia’ foi cunhado pelo reverendo Valdir Steuernagel, em um artigo, utilizado no sentido de “Graça de Deus e Objetivo de Vida”. Não por acaso, o nome também alude à palavra latina ‘praesentia’, que significa ‘tempo presente’. 

SERVIÇO

III Encontrão Presentia

Sábado, 10 de dezembro, às 15h, no Teatro João Lyra Filho
R. Visconde de Inhaúma, 999 - Maurício de Nassau, Caruaru-PE.
Entrada Franca



Fotos: Presentia On Line/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...